Ajusta | ONG de Defesa do Consumidor

Nossas conquistas importantes só foram possíveis devido a ajuda de nossos associados e parceiros.



SIS Ajusta

Acesso restrito para Associados cadastrados na Ajusta.

Principais Ações

Principais ações. Ajusta em defesa dos Direitos do Consumidor em todo Brasil.

Fale Conosco

Para obter informações sobre a Ajusta ou para associar-se, fale conosco.

Revista Ajusta

Busca e Apreensão de Bens

Busca e Apreensão
Busca e Apreensão de Bens, o pesadelo de ver o sonho da aquisição de bens financiados como: máquinas agrícolas, carros, caminhões, motos e maquinas industriais é mais comum do que imaginamos! Este pesadelo acontece devido os bancos ou as financeiras ingressarem com ações de busca e apreensão, devido a suposta falta de pagamento das parcelas de financiamentos.

Por este motivo, a Ajusta (ONG de Defesa do Consumidor) conta com profissionais experientes nestes assuntos de busca e apreensão.

Muitos consumidores perdem bens como: carros, caminhões, máquinas, motos, tratores, barcos, lanchas e até aviões por não terem condições de arcar com as parcelas do financiamento. Seja por qualquer motivo que prejudique a capacidade de pagamento, não há nada de ilegal em um banco ou uma financeira retomar o bem que não foi pago pelos supostos devedores.

O grande vilão é quando essa retomada de bens financiados acontece de forma ilegal. Na grande maioria da vezes os consumidores nem sabem que existem possibilidades de defesa e que podem evitar que o bem seja levado a leilão.

Muitos bancos e financeiras deixam de cumprir o formalismo do processo de busca e apreensão, o que abre reais possibilidades de discussão sobre a dívida.

Também existem casos em que o consumidor tomou uma quantia pequena de empréstimo, entretanto deu como garantia bens com valores bem superiores, causando uma enorme desproporção entre o valor devido e o valor do bem financiado.

Nós podemos ajudar? Associe-se agora mesmo!

Imóveis: Revisão de Financiamentos

Revisão de Financiamentos
A área dos Financiamentos Imobiliários são as mais complexas do direito no Brasil, devido à quantidade de modalidades de empréstimos disponíveis no mercado. O aumento desse mercado traz a ocorrência de vários tipos de abusos praticados contra os consumidores que podem ser combatidos com a revisão dos financiamentos

Podemos afirmar que além da cobrança de taxas, juros e encargos muitas vezes exorbitantes, bancos e financeiras utilizam-se de outras práticas abusivas, visando o aumento de capital. Um dos exemplos mais notórios ocorre com a cobrança da chamada Taxa de Evolução de Obra, cobrada até mesmo após o término do empreendimento. 

Outra questão é que além do consumidor não receber seu imóvel no prazo, ele ainda é obrigado a pagar outras taxas indevidas, cobradas sem qualquer tipo de fundamento. Existem casos ainda mais absurdos, em que a construtora ou incorporadora cobram taxas indevidas até mesmo depois da entrega do imóvel.

Outra ilegalidade em desfavor dos consumidores, muito comum em contratos imobiliários é a cobrança da taxa de corretagem. Esse encargo é, por força de lei, de responsabilidade do vendedor do imóvel, em negociação direta com o agenciador. O repasse desse valor ao comprador é ilegal e abusivo. 

Existem, ainda, muitos outros problemas que podem fazer com que os consumidores paguem muito mais por seus imóveis do que deveriam pagar e suas dívidas bancárias acabam se tornando gigantescas.

Fique atento! 

Nós podemos ajudar? Associe-se agora mesmo!

Busca e Apreensão

Busca e Apreensão
A busca e apreensão é o instrumento mais comum utilizado pelos credores, seja para recuperar bens dados em garantia pelo pagamento de financiamentos, seja para recuperação direta de itens de consumo duráveis como: caminhões, lanchas, carros, motos, máquinas, equipamentos, etc.

Mesmo sendo conhecedores de que todos podemos passar por situações de dificuldade financeira, os credores (bancos, financeiras) preferem retomar os bens financiados, invés de facilitar o pagamento das dívidas bancárias dos consumidores.

Este recurso da busca e apreensão, foi criado para dar garantia ao cumprimento das dívidas, o mesmo passou a ser utilizado de forma abusiva pelos credores (bancos e financeiras), em razão de que a legislação brasileira é extremamente favorável para estas empresas, pois, garante uma série de facilidades para a retomada dos bens anteriormente fornecidos em garantia pelo pagamento de financiamentos.

Entretanto, mesmo com toda legislação a seu favor, os credores (bancos e financeiras) cometem verdadeiros abusos, na pressa de retomar o que aceitaram como garantia de pagamento. Neste inteirim, infringem os direitos dos consumidores.

Esta situação gera para o consumidor algumas possibilidades: recuperar seus bens indevidamente apreendidos ou também ser ressarcido por eventuais danos sofridos como: danos financeiros e/ou morais. 

Nós podemos ajudar. Associe-se agora mesmo!

Imóveis: Leilões

Imóveis: Leilões
É comum ver o sonho da “casa própria” transformar-se em um pesadelo, pois, o mesmo acontece quando o imóvel financiado vai a leilão por falta de pagamento das parcelas.

Por este motivo, a Ajusta | ONG de Defesa do Consumidor conta com especialistas no assunto para ajudar você.

Muitas consumidores perdem seus imóveis por não terem condições de arcar com as parcelas do financiamento. Seja por qualquer motivo que prejudique a capacidade de pagamento, não há nada de ilegal em um banco ou uma incorporadora retomar o bem que não foi pago.

O grande vilão é quando essa retomada de imóveis acontece de forma ilegal. Na grande maioria da vezes as pessoas nem sabem que existem possibilidades de defesa e que podem evitar que seu imóvel seja levado a leilão.

Muitos bancos, financeiras e construtoras deixam de cumprir o formalismo do processo de retomada de imóveis, o que abre reais possibilidades de discussão sobre a dívida.

Também existem casos em que o consumidor tomou uma quantia pequena de empréstimo, entretanto deu como garantia seu imóvel, causando uma enorme desproporção entre o valor devido e o valor do imóvel.

Nós podemos ajudar. Associe-se agora na Ajusta!

Dívidas Bancárias

Dívidas Bancárias
Dívidas bancárias de consumidores é uma das principais especialidades da ONG Ajusta. Ela está diretamente relacionada aos valores que norteiam nossos profissionais, pois, entendemos toda forma de juros abusivos como um desrespeito aos consumidores.

Dentre os principais serviços prestados, destacamos:

Ajuizamento de ações de revisão de contratos para discussão das taxas de juros abusivos, dívidas provenientes de cartões de crédito e cheque especial; 
Ajuizamento de ações revisionais de empréstimos e financiamentos, objetivando apurar os reais valores da dívida em questão, questionando taxas abusivas cobradas pelos bancos e financeiras; 
Ação de revisão de empréstimos consignados por meio de cálculos financeiros, objetivando também limitar o pagamento ao no máximo 30% do salário; 
Análise documental de utilização excessiva de limites de comprometimento, débitos de proventos e penhora de outras fontes de renda; 
Análise documental de contas correntes e contas garantidas, por meio do ajuizamento de ações judiciais de prestação de contas; 
Ação de Revisão judicial de contratos de crédito estudantil; 
Renegociação extrajudicial de dívidas bancárias ou não; 
Prestação de serviços de consultoria jurídica em questões financeiras de pessoas físicas e jurídicas.
Nós podemos ajudar. Associe-se agora na Ajusta!

Dívidas Diversas

Dívidas
No que se refere ao enfrentamento de dívidas bancárias (e outras provenientes do sistema financeiro nacional), adquirimos, larga experiência na resolução e gestão de todo tipo de dívidas que oneram os consumidores.

Nossa experiência é fundamental para que os consumidores possam não somente vencer suas dívidas diversas, mas também para que possam sobreviver no futuro.

O endividamento possui aspectos não somente objetivos e consciênciais. O estado emocional dos consumidores em uma condição financeira "fora de controle" faz com que a maioria se afoguem em um copo de água, desta feita, perdem totalmente a capacidade de raciocinar estratégias simples na gestão de seus negócios ou finanças pessoais.

Por este motivo, conte com a Ajusta, não somente para resolver as dificuldades financeiras de curto prazo, mas principalmente para que possamos ajudá-lo a não se endividar mais no futuro.

Nós podemos ajudar! Associe-se agora na Ajusta!

Links Defensoria Pública

Links Advocacia Pública

Links Governo

Links Governo

Tribunais

Ministério Público

Entidades

Governo

Executivo Federal

Executivos Estaduais

Legislativo Federal

Tribunais de Contas

Legislativos Estaduais

Diversos

Advocacia Pública

Defensoria Pública

Novo Código de Processo Civil

 
Ver mais Publicações

Copyright © 2001 - 2018 Ajusta | Defesa do Consumidor - Todos os direitos reservados.

Site Seguro
O site Ajusta preza pela qualidade das informações e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, entretanto não nos responsabilizamos por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes. Você pode usar as informações contidas nesse site, mas não deve nunca deixar de fazer suas próprias pesquisas e coleta de informações antes de tomar qualquer decisão. Antes de fechar negócio confirme as informações disponíveis. Não nos responsabilizamos por informações imprecisas ou desatualizadas que podem ser encontradas neste site. Nós frequentemente linkamos para outros sites, entretanto não garantimos a veracidade das informações prestadas pelos ofertantes nem julgamos a sua qualidade das ofertas. Nós procuramos responder dúvidas dos nossos leitores. Isso não significa que somos obrigados a responder todas as perguntas que recebemos. Também não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas.
Tudo Sobre:

Direito Empresarial, Direito Tributário, Direito do Consumidor, Juros Abusivos, Dívidas Bancárias, Juros Abusivos, Dívidas Bancárias, Busca e Apreensão, Direito do Consumidor, Associação, Direito Tributário, OSCIP, Direito Empresarial, Empresas, Direito Arbitral, Direito Comercial, Direito Empresarial, Amparo ao Consumidor, Direito do Consumidor, Direito a Saúde, Concursos Públicos, Direito Criminal, Dívidas Bancárias

.